Translate

04/01/2011

Borderline - Depoimento de Um Marido


Se eu estou cinco minutos atrasado pra voltar do trabalho para casa, minha esposa irá me ligar para saber onde eu estou. 

Eu tenho que carregar um bipe para o trabalho, e ela me manda mensagens constantemente. Eu não posso mais sair sozinho com meus amigos porque ela reage fortemente – ela me manda mensagens mesmo quando eu estou assistindo um filme. 

Isso é tão estressante que eu acabei parando de sair com meus amigos a não ser que ela venha junto.
.
(fonte: trecho extraído do livro Stop Walking on Eggshells)

6 comentários:

Ilana Garcia disse...

Possesividade é um problemão..

Feliz Ano Novo =)

bjao

Wally elsissy disse...

Ilana, isso não é possessividade.
É um transtorno de personalidade.

Feliz 2011 pra ti, também!!

bjo

Simplesmente Josi... disse...

È o extremo medo do abandono... gera essas atitudes...

Wally elsissy disse...

Por isso que eu digo Josi, enquanto não aprendemos a controlar o nosso medo, é impossível administrar nossas emoções e consequentemente, nosso comportamento.

Daniê Kitsch disse...

Como diria uma amiga: O primeiro passo é a aceitação.

Anônimo disse...

Sou borderline, descobri agora eu cometi o maior erro da minha vida dividindo isso com meu "companheiro", porque a partir disso parei de ser respeitada, sou tratada como louca, nunca tenho razão de nada, e antes os mesmos comportamentos causavam admiração nessa pessoa. Agora vão me dizer que eu me sinto abandonada? Eu fui abandonada! Porque as pessoas são más e egoistas. Como um tratamento vai melhorar isso? Vai me deixar no minimo mais estupida a ponto de aceitar pessoas que me pisam.. mas eu estarei vendo isso, e terei que me convencer que é loucura minha? impossivel.

Postar um comentário

Visitas Recentes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...