Translate

19/12/2010

As Vezes, Encarar o TPB Pode Prejudicar

Pode ser óbvio para você que a pessoa com TPB precisa de ajuda. Mas isso talvez não seja óbvio para ela.

Imagine sentir-se vazio, praticamente sem um eu. 

Agora pense em admitir que existe alguma coisa errada com aquele pouco eu que você ainda consegue reconhecer. 

Para muitas pessoas com TPB, isso é como deixar de existir – um sentimento terrível para qualquer um. Para evitar isso, as pessoas com TPB podem utilizar um mecanismo de defesa comum e poderoso: a negação. 

Elas talvez sustentem que não há nada de errado com elas, apesar da clara evidencia ao contrário. Elas preferem perder coisas muito importantes – empregos, amigos e família – do que perder a si mesmas. (Uma vez que você entender isso, você irá realmente apreciar a coragem das pessoas com TPB que procuram ajuda). 

Olhe isso de outro modo. Pense em algo que você concluiu que parece ser insuperável. Ganhar um diploma universitário, talvez, ou perder 30 quilos. Tente se lembrar como seu intenso desejo de alcançar essa meta tornou tudo isso possível. 
Agora, imagine que seu intenso desejo era evitar essa meta. Como seria possível alguém faze-lo ganhar aquele diploma ou perder aquele peso? 

Quase do mesmo modo, pessoas com TPB talvez procurem evitar confrontar problemas que outras pessoas querem enfrentar. Elas talvez peçam ajuda ou tentem alterar seu comportamento – mas não do jeito que você planeja. 

Se elas forem mudar, isso será no seu próprio tempo e do seu próprio jeito. 

Na verdade, pode ser prejudicial forçar alguém a admitir ter problemas antes que ele esteja pronto para isso.

(fonte: trecho extraído do livro Stop Walking on Eggshells)

2 comentários:

Anônimo disse...

Eu não posso encarar isso, realmente a natureza e a condição humana é terrivel!!
Belo blog Wally vc merece tudo de bom!

Wally elsissy disse...

Obrigada :)
Boa sorte para nós todos!

Postar um comentário

Visitas Recentes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...