Translate

18/04/2011

Efeito Divisor Borderline

As pessoas não-borderlines são ambivalentes e podem experimentar dois estados contraditórios de uma vez. 

Os borderlines caracteristicamente mudam para a frente e para trás, inteiramente inconsciente de um estado de sentimento a outro...

A prática do “efeito divisor” pode transformar-se um ciclo contínuo. 

É muito difícil, se não impossível, cumprir todas as necessidades e expectativas de um borderline. 

Porque eles podem nunca estar claramente determinados - ou porque a pessoa com TPB tem problema em pronunciar-se nitidamente ou porque o border nem mesmo sabe que elas existem. 

Ou, uma vez que você dá passos para satisfazer as necessidades do borderline, eles podem decidir que querem algo mais. 

Seu papel pode mudar de herói a bandido diversas vezes em um dia, ou pode levar anos para a pessoa com TPB passar com ciclos através do padrão santo/pecador. 

Às vezes o borderline pode encontrar um novo “objeto de amor"; uma vez que o velho provou ser "defeituoso", somente para repetir o ciclo com alguma outra pessoa. 

Quando isto acontecer é seu trabalho manter uma opinião consistente, equilibrada de si mesmo em todas as ocasiões. 

Isto pode ser difícil porque o border tem muita certeza de que você fez algo terrível - e em resultado podem ser muito convincentes. 

Não é um papel (de teatro). Eles acreditam nisso

É também crucial que você mantenha uma perspectiva racional quando a pessoa com TPB o idealiza, no sentido positivo. 

Isto lhe ajudará a permanecer em um barco equilibrado durante aquelas épocas em que você estiver em maus lençóis.

(fonte: trecho extraído do livro Stop Walking on Eggshells)

5 comentários:

Anônimo disse...

É MUITO DÍFICIL SER BORDER, QUANDO VOCÊ PERCEBE QUE O MUNDO ESTÁ DESABANDO AO SEU REDOR...E VC SE SENTI FRÁGIL DEMAIS PARA CONSEGUIR ENFRENTAR A DOR QUE HABITA O CORAÇÃO....OS MESMOS SINTOMAS, OS MESMOS VÍCIOS, AS MESMAS COMPULSÕES....SEXO ARRISCADO, SITUAÇÕES DE RISCOS, ANGUSTIA E VAZIO....SIMULAÇÃO DE ABANDONO...MEDO DE SER ABANDONADA....DÓI QUANDO VC SABE QUE TEM ALGUÉM DO SEU LADO QUE NÃO MERECE TER QUE CONVIVER COM TODO ESSE MAL....QUANDO VC SABE QUE DEVE VIVER E SER FELIZ SEM NENHUMA DÚVIDA DE QUE A RELAÇÃO É CERTA...E QUE VC PODE SER MUITO FELIZ...ENTRETANTO, O TRANSTORNO TE DERRUBA E TE LEVA PARA UM BURACO, EM QUE VC NÃO SABE COMO SAIR...VC SÓ VÊ AQUELE QUE TE AMA....LÁ DE CIMA, TE CHAMANDO PARA ESTAR AO SEU LADO...E VC CHORA..DERROTADA COM AQUILO QUE VC NÃO CONSEGUE SUPORTAR E MUITO MENOS TRANSMITIR OU COMPARTILHAR...PORQUE É INEXPLICÁVEL O SENTIMENTO...NÃO AGUENTO MAIS OS MESMOS SINTOMAS: PERCEPÇÕES DISTORCIDA DO CUIDADOR, VONTADE DE FAZER SEXO COM ESTRANHOS, DIFICULDADES PARA LIDAR COM ESTRESSE E CRÍTICAS,VAZIO E ANGUSTIA,REEDIÇÃO DE ABANDONO,VITIMIZAÇÃO E IMPOTENCIA FRENTE AO SENTIMENTO,O VAZIO É MUITO GRANDE,INSTABILIDADE EMOCIONAL (EU AMO/EU ODEIO),ISOLAMENTO, MELANCOLIA,FUGA DA REALIDADE (MUITO SONO), FALTA DE APETITE (FORMA DE SE AUTOAGRESSÃO)...EU ESTOU LÁ NO FUNDO DO POSSO...QUERENDO SUBIR...PRECISO DE ALGUÉM QUE SEGURO E ME ABRAÇE BEM APERTADO..PARA QUE EU RELAXE...NÃO TENHO A QUEM CONFIAR...POIS, TENHO MEDO DE DIZER O QUE PASSA NA MINHA MENTE PARA O CUIDADOR...TENHO MEDO QUE ELE NÃO ENTENDA...POIS, JÁ FIZ SOFRER.......
ESSA A VIDA DE BORDER............

Anônimo disse...

e não é fácil anônima, não é mesmo.
na minha terapia semana passada eu comentei com minha psicóloga que quando começo a lidar bem com alguns pensamentos eles mudam da água pro vinho. nem bem consigo me adaptar com determinadas idéias, elas já mudaram. Vivemos numa montanha russa sim.
quando estou mais estável, tendo me apegar nesses momentos e viver bem neles pra lembrar desses períodos quando estiver menos instável e ter forças pra passar pelos momentos mais difíceis.
também o tratamento correto (medicação e terapia) tem me ajudado.
vc faz algum tratamento? medicação e/ou terapia?
beijos
maria roberta

Anônimo disse...

pobre de nós... é um horror.

Tatiana

rosana disse...

quanto mais eu leio os textos postados aqui ,mais me vejo neles

La Familia disse...

Tem sites que falam de nós como monstros, tmb não é bem assim ,nem tudo o que vem na net corresponde á realidade, não façam de nós seres desprezíveis. Somos seres humanos, que procuramos a todo custo, mas sem prejudicar o próximo, uma forma de sair desta patologia(sofrimento.

Logan

Postar um comentário

Visitas Recentes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...