Translate

15/04/2011

TPB - A Falta do Objeto Estável

Quando estamos solitários, a maioria das pessoas consegue se confortar por relembrar o amor que outros têm por elas. 

Isso é muito confortante mesmo que estas pessoas estejam bem longe – às vezes, mesmo que elas não estejam mais vivas. Essa habilidade é conhecida como objeto estável. 

Algumas pessoas com TPB, contudo, acham difícil evocar qualquer imagem de alguém amado para se confortar quando se sentem perturbados ou ansiosos.

Se a pessoa não está fisicamente presente, ela não existe em um nível emocional

O borderline talvez ligue para você frequentemente só para ter certeza de que você ainda está lá e continua se importando com ele. 

O borderline talvez mantenha uma foto sua à mão ou leve consigo alguma coisa que você lhe deu para se lembrar de você, do mesmo modo que uma criança usa um ursinho de pelúcia para se lembrar do amor de seus pais. 

Essa estratégia é frequentemente sugerida por terapeutas para ajudar o borderline a entender e lutar melhor contra seus medos de abandono. 

Cartas, fotos, perfumes (aroma que traga ao border lembranças de seu companheiro) são tipicamente usados. 

Não-borderlines precisam entender que essas estratégias ajudam o borderline, muitas vezes reduzindo seu medo e ansiedade. 

Usualmente, o resultado é um relacionamento menos pegajoso, que frequentemente traz algum alívio ao cuidador.



(fonte: trecho extraído do livro Stop Walking on Eggshells)

1 comentários:

Sáh disse...

nossa! Isso eh muito verdade... nunca tinha percebido q isso era uma dificuldade! Faço muito isso... tenho muitas coisas dela que sou mto apegada.

Postar um comentário

Visitas Recentes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...