Translate

15/03/2011

Como Prever o Comportamento Borderline?


Muitos familiares acham que manter um registro diário do comportamento da pessoa que amam os ajuda a entender e despersonalizar as ações dela.

Pais de filhos borderlines, especialmente, acham que as gravações são extremamente úteis em ajudar a obter um diagnóstico e tratamento corretos para seu filho. 

Se você simplesmente observar o border ou anotar seus estados de humor e comportamentos, sua intenção não será fazer julgamentos, mas parar de reagir ao comportamento de uma maneira emocional e começar a aprender disso. 

Se parece haver pouca relação entre suas ações e aquelas da pessoa com TPB, você verá mais claramente que o comportamento da pessoa não é a seu respeito. 

Se parece que algo externo ao border está engatilhando o comportamento, dê um passo atrás e veja se consegue imaginar o que está acontecendo.

Que fatores podem estar envolvidos, como o humor geral da pessoa, as condições do dia, a presença ou abstência de álcool, o meio ambiente imediato, e assim por diante? 

Se você conseguir encontrar padrões no comportamento da pessoa, ela pode se tornar mais previsível. 

O comportamento que é previsível é mais fácil de manejar.

(fonte: trecho extraído do livro Stop Walking on Eggshells)

9 comentários:

Anônimo disse...

Boa Noite Wally!
Estou passando por uma crise no relacionamento com meu marido que extremamente depressivo.
Fala em se matar quando eu falo qq coisa do tipo separação, não perdoar ele por mne magoar etc.
Nossa é muito dificil ser border e não ter alguém que ou tenha paciência com você ou te entenda...
Na verdade eu e meu marido não temos estrutura para cuidar um do outro e os dois precisam de ajuda.
Só que na cabeça dele médico ele não vai.
Eu acredito em DEUS e acredito também que DEUS dá inteligencia para os médicos nos ajudar...
Ele parece que está com border, tipo "pegou" de mim, tem tido as mesmas atitudes...
Até te dou uma sujestão de tema: as pessoas que convivem com o border ficam parecidos c um border?"
Olha ando acabada, pois tenho que ir trabalhar como se nada tivesse acontecido...etc.
Não sei o que fazer....

Priscila MT.

Simplesmente Josi... disse...

Eu sempre acho q um border é imprevisível.

Wally elsissy disse...

Então Josi... o comportamento do border normalmente se repete num ciclo, por isso é possível prever sim pelos sinais e pelo ciclo em si.

Wally elsissy disse...

Pri, vou publicar seu comentário tá? Na categoria 'Comentários que merecem destaque' e vou comentar no post.

bjos

Anônimo disse...

Olá Wally,
Bem venho dar o meu pequeno depoimento sobre uma relação com o border!Identifiquei em meu namorado que agora é ex,o transtorno,ele não sabe,e tentei diversas vezes indicar tratamentos para ele na busca de ajudar o seu comportamento exarcebado,resolvi estudar e achei o seu blog,que tem me ajudado muito a desabafar,me identificar e entender melhor este universo em crise!Ele não tem comportamentos de se cortar,nem suicidas(pelo menos aparentemente).
Bem eu não conseguia compreender no ínicio o fundamento de todas aquelas inconstâncias,agente estava rindo...derrepente nós estavámos fazendo uma viagem diretamente para o caos sem motivo aparente.
As brigas ocorriam devido as minhas discordâncias,algo que o frustrou,mas a verdade é que ele não tinha um ritimo um parâmentro,passei diversos dias tentando entender o que desencadeava aquelas crises,quando achei um texto aqui que começou a me deixar mais esperta!
Observei e percebi que por trás daquela pose de um cara seguro que fazia verdadeiros discursos sobre ciúmes e traição,estava uma pessoa amedrontada e com medo de eu partir,ele terminou comigo pelo menos umas 8 vezes em 2 meses de namoro,foi muito doloroso,quando eu tentava entender os seus súbitos ele dizia que..."a culpa era minha e com suas 20 exs ele tinha uma relação maravilhosa" ,me comparava ,fazia uma espécie de humilhação com sua sutileza e educação sempre presente,a voz baixa,muito bem articulado ele dizia:"O problema é que vc é insegura,vc é ciumenta!"
Eu nunca fiz cenas de ciúmes,era algo infundado!Eu cheguei a acreditar no mundo inventado por ele,onde suas regras eram as únicas aceitas e o mundo culpado pelas suas mais secretas imperfeições!Era como reproduzir no outro aquilo que era dele!Percebi o seu movimento e modifiquei o meu.Certa ocasião após uma sessão gratuita de humilhação ele mais uma vez rompeu comigo.Cansada de suas aprontações vim para casa onde resolvi mudar e o ignorar ,cansei,ele então começou a correr atrás e demonstrar o seu desequilibriu e inconstância.Voltei com ele sob a promessa de que ele procuraria ajuda,ele chegou a pediu que eu me trata-se tambem,tamanho sua falta de noção sobre o problema,continuei com ele e comecei a me cansar,pois ele incansávelmente ficava horas a fio discutindo coisas sem sentido para mim,ele me testava,parecia que tentava entender até onde eu iria suportá-lo ,era sufocante,tinha que estar presente com ele,nossa ultima discussão foi porque eu estava doente (claro) e queria ir embora e ele queria que eu ficasse na casa dele!Depois nos encontramos e ele fez um discurso sobre "como eu era cuidadosa comigo mesma e o quanto eu era frágil".

Eu não aguentava me sentia sempre menos ,as comparações,cobranças ,em poucos meses de namoro me sentia muito presa,apesar do papel indiferente que ele representava sempre que podia!Rompi!mas ainda o amava muito...então fiquei mais de 2 meses sem ficar com outra pessoa ,mesmo sabendo que ele estava em plena promiscuidade!
(Continua ai embaixo)...

Anônimo disse...

Até o dia que nos encontramos e eu recaí dando mais uma chance já sem grandes espectativas!
Ele implorou a chance,insistiu,fez juras e declarações de amor que eu jamais tinha ouvido,parecia gostar de mim ...quando precisei viajar as pressas para visitar meus irmãos,dormimos juntos e após ele me levar ao aeroporto ...foi para uma casa noturna e ficou com outra pessoa na frente de minhas amigas!
Bem eu finalmente desencanei,é muito doloroso amar alguém assim e quem perdeu neste caso fui eu!
Gostaria que ele se tratasse ,mas a verdade é que no fundo ele nunca gostou de mim é como um instinto faz parte dele ser assim ...decepcionar,ele não faz um vínculo de sentimento com ninguém,ainda que a pessoa queira muito e eu quis,sai machucada!A verdade é que ele devia ter a percepção e mudar,eu somente tentei mas sabia que tinha que partir dele que atualmente está me machucando através de comentários hostis e sempre que pode arruma um modo de eu saber o quanto eu fui culpada pela sua própria traição já que segundo ele: "a minha insensatez e insegurança o tornou amendrontado e com medo de viver aquilo" .Segundo ele era tanto amor que ele não soube como lidar então resolveu me humilhar publicamente para que assim as chances pudessem se esvair e não houvesse possibilidade de ele correr atrás de mim que sou uma pessoa maravilhosa que ele ama demais! :(
E eu como me sinto é muito dificil amar alguém assim que não se permite amar ninguém pelo medo do colapso,hj sou eu quem estou triste e buscando melhorar ,pela falta da capacidade dele amar!
Bem agradeço a este espaço espero receber retorno,fico feliz em ver que pessoas acometidas deste mal resolvem se tratar,buscar catalizadores como este local...e não saia por ai se ferindo ou ferindo outras pessoas!


bjs Luiza

Wally elsissy disse...

Luiza, muito obrigada por compartilhar.
Espero que não se importe se eu usar seu depoimento para um novo post?
Assim fica mais fácil para outros terem acesso.

bjos e apareça sempre!!!

Anônimo disse...

claro que não ,
pode usar e estou sempre aqui espiando as coisas,estou crescendo com isso e que vc continue crescendo,pode parecer utópico mais o que v faz aqui é muito importante!
bjs Luiza!

Anônimo disse...

muito legal!

Postar um comentário

Visitas Recentes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...