Translate

05/08/2010

Aprenda a Ouvir o Seu Corpo

Segundo a escritora Cristina Cairo (bacharel em Psicologia - entre outras formações), as doenças surgem quando há um desequilíbrio sentimental, psíquico e emocional.

Uma frase muito interessante aparece logo no início de seu livro "LINGUAGEM DO CORPO - Aprenda a ouvi-lo para uma vida saudável":

"A mente é o ponto de partida da saúde e o pensamento é o seu leme."

E ela ainda vai além e afirma que "o corpo é a tela onde se projetam as emoções. E todas as emoções negativas são projetadas em forma de doenças. Essas somatizações acontecem a curto ou a longo prazo e os sentimentos de infelicidade, desgosto, raiva, mágoa, ressentimentos, etc., dão origem às doenças mais graves quando arrastados por muito tempo."

Então o que devemos fazer, visto que nossas emoções são tão perigosas para nossa saúde? 
A solução que ela oferece, ao mesmo tempo que me aflige me sossega.
Porque nós sempre temos a tendência de complicar as coisas mais simples.
E frequentemente nos esquecemos que há recursos na natureza e em nós mesmos para todos os nossos problemas.
Mas eis o que ela recomenda:
.
"Devemos solucionar as questões duvidosas e problemáticas de nosso coração o mais rápido possível, para impedirmos o inconsciente de se comunicar através da linguagem do corpo, alertando-nos sobre nossa conduta. O inconsciente relaciona universalmente a função do órgão a uma emoção equivalente."

O Dr. John A. Shindler (Diretor do Departamento de Medicina da Clínica Monroe, Wisconsin), décadas atrás, já seguia essa mesma linha de raciocínio, pois escreveu um livro na década de cinquenta entitulado "Como Viver 365 Dias Por Ano" onde afirma que quando ficamos doente há mais de 50% de chance de que a moléstia seja induzida pelas emoções.

Parece simples, não é? Afinal basta estarmos atentos aos sinais para então impedirmos o avanço de uma doença indesejável... Daí você deve estar pensando com os seus botões: 
Existe doença desejável por acaso?!

Ah mas existe sim!!!!Na maioria dos casos, inconscientemente desejável, mas existe! E eu tenho conhecimento de algumas!!!

Vou citar alguns exemplos pra vocês verem como a mente é poderosa.
O primeiro caso que tive conhecimento, foi através de um neurologista que eu consultava e que segredou sem culpa que uma paciente sua havia ficado PARALÍTICA, na cadeira de rodas SÓ para chamar a atenção do marido!
A forma que a mente dela encontrou para satisfazer sua carência foi colocá-la numa cadeira de rodas para então suprir sua necessidade de atenção.

Um outro caso, não menos triste, foi o de uma amiga de uma aluna minha.
Ainda na flor da idade desenvolveu DOIS CÂNCERES simultâneos - um em cada mama pelo mesmo motivo: queria a atenção dos pais! 
Sabe o que a menina havia dito a minha aluna? 
Que agora ela estava feliz porque recebia toda a atenção dos pais que precisava!

Aterrador, não acham?

Não vou relatar aqui todos os casos mas vou adicionar mais um...
Alguém me contou que uma parenta, ao saber que havia sido traída pelo marido foi deitar-se e nunca mais levantou-se da cama: ficou paralítica das pernas!! Da noite para o dia! Literalmente!

Repetindo o que a autora afirma: "O inconsciente relaciona universalmente a função do órgão a uma emoção equivalente."

Termino essa introdução com mais uma frase da grande estudiosa da mente humana:

Não adianta ter fé se não tiver perdão!

E complementa a respeito de sua própria experiência de cura: 

"Foi quando compreendi que, se eu não aprendesse a amar, perdoar e soltar todas as pessoas e situações, nenhum conhecimento teria o poder da cura, pois a cura estava dentro de mim e dentro do amor escondido em mim."
Wally

2 comentários:

Cristiane disse...

amei o texto...

Wally elsissy disse...

Foi possível graças a você!!! :)

Postar um comentário

Visitas Recentes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...