Translate

02/02/2012

Contato com Cães libera hormônio ligado ao Amor

Adotar um cão como animal de estimação é semelhante a ter filhos, afirmam cientistas.

As experiências emocionais vividas pela companhia dos cachorros são equivalentes às da paternidade, segundo aponta uma pesquisa britânica.

Os pesquisadores descobriram que quando donos de cachorros brincam com os animais, liberam um hormônio ligado à sensação existente no cuidado infantil. Chamado de oxitocina, o hormônio está associado ao sentimento de amor, amizade e paixão, atenuando o estresse e a depressão.

A descoberta foi feita por estudiosos da Universidade de Azuba, no Japão, que recrutaram 55 pessoas. Os voluntários tiveram os níveis de oxitocina da urina analisados 30 minutos após brincarem com seus animais de estimação.

Os cientistas também verificaram a influência do contato visual dos proprietários de cães na liberação do hormônio. Nos testes, metade dos voluntários permaneceu cerca de 20 minutos sem poder olhar diretamente para seus bichos, Em seguida, eles puderam olhar nos olhos dos seus animais.

Após o experimento, os cientistas constataram que o nível de oxitocina dos voluntários havia aumentado em cerca de 20% apenas dois minutos e meio após voltarem a ter contato visual com seus bichinhos.

Com base na avaliação, Takefumi Kikusui - que realizou a pesquisa em parceria com o biólogo Miho Nagasawa -, disse que um aumento no nível do hormônio poderia explicar porque brincar com cães pode melhorar o humor e até mesmo atenuar os sintomas de ansiedade e depressão.

Acredita-se que a oxitocina pode ter desempenhado um papel fundamental na domesticação de cães e lobos, cerca de 15 mil anos atrás. "A razão que me fez essa investigação é porque eu sou um grande amante de cachorros e senti que algo muda no meu corpo quando eu estou em contato com meu cão", afirmou Kikusui.

"Talvez durante o processo evolutivo, seres humanos e cães tenham vivido juntos para compartilhar experiências sociais, tais como o contato visual e gestual. É por isso que cães podem adaptar-se à sociedade humana", complementou o cientista.

Um estudo anterior descobriu que os seres humanos aumentam os níveis de oxitocina ao olharem para fotografias de pessoas queridas com mais freqüência.

3 comentários:

Só mais uma Clarisse disse...

Adoro cachorros! depois que o meu morreu, não tive mais nenhum. Vou adotar um filhote assim que puder, sinto falta do carinho dos bichinhos.. *-*

Taisu disse...

Achei que fiquei mais alegre realmente depois que ganhei meus filhotes,estão com 4 meses e destroem tudo mas não consigo ter raiva deles S2

Camila Ruckert disse...

Ahhhhhh, que dog lindo é esse da foto... Amei.
Quando criança tive alguns cachorros, minha mãe comprava e depois que ele aprontasse alguma ela doava, nunca consegui ter um cachorro por muito tempo. Depois de adulta tive uma cachorra da raça dogue alemão, preta, linda. Mas ela se foi cedo em decorrência do diabetes e me culpo muito por talvez não ter cuidado tão bem dela. O fato é que tenho medo de ter outro cachorro, de não saber cuidar, medo de fazer mal a outro ser vivo.

Postar um comentário

Visitas Recentes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...