Translate

04/05/2011

Será que é Gripe ou Resfriado?


Se acordamos espirrando, com o nariz entupido, pegamos um ar frio e em seguida a garganta arranha, pronto: ai vem a pergunta é gripe ou resfriado?

Infelizmente a gripe não é algo tão simples assim e é uma doença bem pior do que se imagina. Em crianças, idosos e pessoas com problemas imunológicos, ela pode até matar.
Resfriado é uma infecção virótica (os rinovírus são os principais agentes causadores), geralmente sem febre, na qual as principais manifestações clínicas envolvem as vias aéreas superiores, dor de cabeça, secreção nasal(coriza) ou obstrução nasal.

Com a exposição ao agente, a infecção pode ser facilitada por fadiga excessiva, distúrbios emocionais ou alérgicos.

A gripe é uma infecção respiratória aguda causada por um vírus específico, denominado Influenza, que causa febre, prostração, coriza, tosse, dor de cabeça, dor de garganta.

O vírus influenza apresenta vários sorotipos e sofrem mutações de um ano para outro.

Esses vírus caracterizam-se por estarem em eterna mutação e por sofrerem um fenômeno chamado de recombinação genética. 

Quando ocorre a mutação, surge um vírus parente do anterior e assim nós ainda temos certa defesa contra o novo porque se parece com o antigo. 

Mas nos casos de recombinação genética, surge um vírus absolutamente novo, contra o qual não temos defesa alguma.

Apesar da influência do frio, detectada pelos antigos, não é bem ele em si que causa a doença. O que ocorre é que as aglomerações que se formam em ambientes fechados quando a temperatura abaixa causam uma maior proximidade entre as pessoas, facilitando assim a transmissão do vírus. 

Logo, o frio não é o causador da gripe, apenas cria condições para maior disseminação dos vírus em lugares não arejados onde as pessoas tossem, espirram ou falam muito perto umas das outras. 

Existem vacinas que são aplicadas a cada ano, principalmente nos grupos de maior risco (idosos e pacientes com problemas respiratórios crônicos). 

O que podemos fazer é fortalecer o nosso sistema imunológico, ingerindo regularmente frutas ricas em vitamina C, como a laranja, acerola, limão, etc, em forma de sucos ou “in natura” e cuidando do nosso estado emocional.
(via email)

6 comentários:

Anônimo disse...

Boa Tarde Wally como vai?
Eu gostaria de saber junto a você e outras pessoas que tem o TPB se ja aconteceu de a ansiedade que no meu caso é exorbitante, e stress desencadear coisas como sinusite, renite, intestino irritável?
Não sei se alguns remédios que tomamos também, baixa o sistema imunológico...
Mas enfim, é incrivel como quando estou trabalhando apesar da área q eu trabalho ser muito stressante...eu fico c alguns probleminhas de saude como os que eu citei, ocorre principalmente quando se trata de emprego novo.
Quando estou em casa, desempregada ou feriado prolongado etc eu melhoro pare outra pessoa, tipo pele, cabelo etc...
Mas se fico mto tempo em casa tbm eu começo a ficar ansiosa, mas msm assim, fico melhor do que quando trabalho...
Ao fazer exercicios fisicos ataca minha renite tbm...

Bjus.

Priscila MT.

Anônimo disse...

Outra coisa será que pode abordar como as pessoas TPB podem se concentrar em algum tipo de leitura ou estudo?

Anônimo disse...

Oi Priscila,
No meu caso, a ansiedade, o stress baixam a minha resistência sim. E aparecem várias coisas como alergias, renite, resfriados. Acredito que com a ansiedade alta o organismo demanda muita energia para essa ansiedade e, por isso, baixa a resistência.
Creio que mudanças de rotina, como mudar de emprego ou, vc estar trabalhando e depois ficar em casa por estar desempregada gerem ansiedade e, dessa maneira, por causa dela, seu organismo fica com uma baixa resistência.
Pra tentar melhorar as forças do seu organismo pra não ter um impacto muito grande quando a ansiedade chega (e, em nós isso acontece muitas vezes e de forma intensa) procure ter uma alimentação saudável.
Exercícios físicos são bons tb pra ajudar o organismos a absorver os nutrientes dos alimentos ... eu ainda estou tentando criar o hábito .....
Vc tb falou de leitura e estudos ... depois da manifestação do transtorno ficou muito difícil pra mim dar continuidade pra essas tarefas pq eu enjôo fácil dos assuntos ou temas ... mas a vontade de ler ou estudar aquilo volta depois de um tempo ... ainda não consegui grandes progressos nessa área ... sei, no entanto, q é necessário ter um GRANDE interesse da sua parte pelo assunto. Um GRANDE interesse mesmo. Estou tentando, agora, ter dois ou três assuntos pra ir trocando qdo um enjoa ... mas ainda não tive bons resultados ...
Vamos esperar mais gente dar seus depoimentos ...
Beijos
Maria

Anônimo disse...

Oi Maria!
Amei seus comentários, muito obrigada.

Priscila MT.

Wally elsissy disse...

Pri, no meu caso ocorre o mesmo.
Estou sempre doente.
Em menos de dois anos é a quarta infecção urinária que me acomete.
Quarta-feira tive uma crise de ansiedade horrível, na quinta a sinusite estava chegando...
Foram vários os profissionais que já afirmaram que TODAS as doenças físicas estão de alguma forma relacionadas com as emoções.
Eu concordo PLENAMENTE.
Dêem uma lida nesse link aqui: http://bit.ly/mEQpra
E depois me digam o que acham!!

bjos

Wally elsissy disse...

Ahhh esqueci...
Sobre a forma de se concentrar numa leitura, a única forma que conheço é me interessar de fato pelo que estou lendo... se não... já era.

Postar um comentário

Visitas Recentes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...