Translate

04/06/2011

Vazio




Úmido, frio, impetuoso
Invade-me, tortura-me
Mata-me

Em noites calmas, frias. 
Em dias agitados, quentes
Ele chega
Agarra-me

Impiedosamente arranca-me, 
rapta-me, faz-me prisioneira
Sufoca-me, cala-me, corta-me
Ah, como pode...

Esse vazio que ocupa tanto espaço
Esse vazio que ocupa todo o espaço
Ironicamente sorri, tortura-me

O nada é tudo o que eu tenho
Um corpo sem alma, 
sem sombra, sem reflexo
Ah, como pode...

Por que choras, pequena garota? 
Tristeza, medo, cólera?
Não, não
É apenas o vazio
(Bia)

10 comentários:

Anônimo disse...

q lindo poema e verdadeiro...

Carla Dias disse...

Querida amiga,
Esse poema é bem sofrido.
Você NUNCA estará sozinha !
Seus amigos estão aqui... ao seu alcance !
Beijão,
Carla

Beatriz disse...

Aah publicou o poema, estou lisonjeada.
Mas sabe o que é engraçado? É que hoje eu estou feliz. Sério, eu não sei o porquê. Simplesmente estou. E sabe o que é mais engraçado? Que em momentos assim eu leio os poemas que eu escrevo quando estou triste e tenho muita pena de mim. Tenho pena da pessoa que eu era ontem e que serei amanhã.
Eu não consigo entender ao certo porque o dia de ontem foi tão parecido com o dia de hoje, mas eu estava tão diferente.
É como se do alto eu não conseguisse entender o que me deu na cabeça pra que eu descesse tão fundo e, quando no fundo, não conseguisse achar as forças que me fizeram ir tão alto.
Hoje eu estou feliz, sorri, eu disse "está tudo bem" e era verdade. Hoje eu me olhei no espelho e não me humilhei. Hoje eu estou muito feliz.
E, sinceramente, eu queria que hoje durasse para sempre!!

Anônimo disse...

Oi Bia, eu entendo você. Também acontece comigo. Pra mim, parecem pessoas diferentes. Não pareço a mesma pessoa. Parece que são várias pessoas tamanha a estranheza qdo estou num estado e lembro pro outro.
Aproveite sua alegrie e pense que ela pode durar sim!
Beijos,
Maria

Anônimo disse...

querida Bia,

seu poema tocou fundo meu coração,continue escrevendo pq além de vc desabafar vc expressa seus sentimentos (muito bem) e pode se conectar com o mundo !
lembre-se que pessoas brilhantes como Ainstein ou Nietchz foram pessoas muito sofridas e muito brilhantes,isso pq não somos o nosso problema ,apenas temos um problema que faz parte de nós!Lembre-se sempre disso ainda que pareça devagar siga sempre para frente mais e mais!

Reflexões Borderline disse...

As vezes, essa oscilação de humor chega a ser esmagadora...

Beatriz disse...

Uma das coisas que mais me deixam feliz em ter encontrado esse blog é que, além de poder desabafar, eu posso contar com pessoas que me entendem e ainda me dão forças (mesmo nunca me tendo visto).
A todos vocês que lêem o blog e, em especial à Wally, o meu MUITO OBRIGADA.
E fiquem sabendo que, se de alguma maneira eu puder ajudá-los, isso farei!

Reflexões Borderline disse...

Ahhh não precisa agradecer não.
Aqui um ajuda o outro.
Pelo menos a gente tenta :)

Eu também sou muito agradecida por todos os comentários e amizades aqui. Me fazem sentir especial tal qual a amizade de vocês é especial pra mim.♥

Julia Sá disse...

Wally:

É através do que você escreve que nós podemos entender e refletir sobre nossas próprias histórias.Que Deus te abençoe sempre e te dê forças para continuar divulgando, esclarecendo e pesquisando sobre o TPB.Um abraço,


Julia

Reflexões Borderline disse...

Muito obrigada Julia.
Também sinto-me ajudada com os comentários aqui.
É recíproco!
Obrigada pelas palavras de ânimo!!!

bjos

Postar um comentário

Visitas Recentes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...