Translate

08/06/2011

Muçulmana Faz Apologia à Escravidão Sexual

Homens deveriam ter direito a possuir escravas sexuais no Kuwait, e a atividade poderia ser exercida por mulheres não muçulmanas que se encontram presas no país. 

Que tal a ideia? Pois saiba que ela foi defendida por uma mulher: Salwa al-Mutairi, política, ativista islâmica e apresentadora de TV local.

Salwa acredita que, ao comprar uma (ou mais) escrava sexual "importada", o homem se mantém decente, viril e devotado à sua mulher, evitando ser seduzido pelo adultério.

A política defende até que o Kuwait importe prisioneiras de guerra para atuarem como escravas no país, noticiou o "Daily Mail".

Segundo Salwa, a atividade de escrava seria até boa para as mulheres, pois elas evitariam morrer de fome.

"Não há vergonha alguma nisso", disse a política.

O governo, acrescentou Salwa, deveria abrir escritórios para a contratação de escravas no mesmo molde daqueles que servem para selecionar empregadas domésticas.

A política deu, como exemplo, Haroun al-Rashid, líder muçulmano do século VIII que governava com sucesso uma área que atualmente equivale a Irã, Iraque e Síria e que teria tido 2.000 concubinas.

10 comentários:

Anônimo disse...

E preciso comentar alguma coisa? Falta Deus no coração (e na mente) dessa pessoa...

Carla Dias disse...

Ah ! ah ! ah!
Apesar de muçulmana, nesse dia ela só podia estar sob influencia de substancia intoxicante ...
Deixa eu contar essa para o meu professor de árabe que é muçulmano. Acho que ele não vai acreditar !
Não falta nem Deus nem coisa nenhuma... apenas falta JUÍZO !!!!

Beatriz disse...

Hahhaa Eu só não entendi a parte do "evitaria que eles cometessem adultério". Para mim, ter uma "escrava sexual", ou seja lá como queiram chamar, é um adulteriasso.

Enfim... Como diria a minha mãe: não tendo o que falar, cale-se

Habibah Ibrahim disse...

Meus Deus,credo!
Isso seria a mesma coisa que prostituição,pagar ou contratar uma mulher para ter relações sexuais,isso é totalmente fora do Islam.
Doida essa mulher

pensamento_e_reflexao disse...

Fiquei preocupada com a Xenofobia da tal política " mulheres não muçulmanas" e que se encontram Presas? no país. Como assim? Que mulheres são essas? Sem falar que ela parou no tempo....já faz 13 séculos que o tal líder Haroun al-Rashid mantinha concumbinas!!

Reflexões Borderline disse...

Adulteriasso foi boa hahaha

Pois é meninas, inacreditável né?
Mas lembram do post sobre o Xeque Muçulmano Egípcio que queria criar uma lei para amamentação adulta? :D

O mundo árabe também está cheio de bizarrices.
Leiam aqui:

http://bit.ly/mRGH2l

Bjos a todas!!!
E obrigada por estarem sempre presentes!

Hamires Cristine disse...

Dá uma facada nessa mulher!

Gisele Marie disse...

Que a paz de Deus esteja com você

Se esta notícia é verdadeira (não que eu não acredite no blog, eu não acredito é na mídia e na imprensa em geral), eu como muçulmana que embora tenha ainda muito a aprender, mas procura seguir de fato a minha religião e estudar sempre sobre o Islam, e como estudante de psicologia, só posso lamentar que esta mulher esteja sem acompanhamento psicoterápico, e lamentar que esta mulher pense talvez que ser muçulmana é colocar um véu na cabeça.

Porque esta declaração infame, se é de fato verídica, contradiz tudo o que o Profeta Muhammad (saws) nos ensinou, contradiz os conceitos do Islam, contradiz A Palavra de Allah.

Não cabe a mim julgar, cabe somente a Allah julgar, mas que Allah tenha pena da alma escura dela.

Salam!

Reflexões Borderline disse...

Bom, a foto está aí e o nome da política também.
Naturalmente que a mídia não inventaria algo desse tipo em tais circunstâncias.
Mesmo porque seria crime de perjúrio entre outros.

O que a mídia poderia inventar (mas felizmente não o fez nesse caso) aqui é que isso é um pensamento islâmico. Mas ainda bem que a idéia bizarra dessa louca não foi associada à religião.

Nathan Rodrigues disse...

Não é possivel... o q será q essa mulher anda fazendo com o marido?....

Postar um comentário

Visitas Recentes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...