Translate

05/07/2011

Livro Polêmico Desencadeia Protesto

O livro, publicado em 2009 e posteriormente proibido em Israel, diz que bebês e filhos dos inimigos de Israel podem ser mortos sob certas condições desde que "seja claro que eles vão crescer para nos ameaçar".

A obra também diz que os não judeus seriam "pessoas de pouca compaixão por natureza" e ataques a eles "combateriam sua inclinação maléfica".

"Em qualquer lugar onde a influência dos gentios for uma ameaça para a vida de Israel, é permissível matá-los", diz o livro.

Muitos rabinos já condenaram publicamente o livro, dizendo que ele contraria os ensinamentos do judaísmo.

A polícia já havia investigado os autores do The King's Torah, ou a Torá dos Reis, os rabinos Yitshak Shapira e Yosef Elitzur, por incitar a violência.

Mas a detenção, o questionamento e a posterior liberação, na semana passada, de outros dois rabinos conservadores mais respeitados, Dov Li'or e Yaakov Yosef, que defenderam a obra, causou revolta entre as comunidades ortodoxa e ultraortodoxa de Israel.

Muitos no protesto desta segunda-feira diziam seguir os ensinamentos do livro, outros se diziam revoltados com o fato de dois rabinos respeitados estarem sendo investigados.

6 comentários:

Taciana disse...

Isso justifica o pq de eles estarem matando as criancas palestinas ao inves dos adultos!
Nos ataques de 2008 a maioria dos alvos eram escolas palestinas, recentemente eles prenderam criancas palestinas para investigacao, fora o assassinato cruel que sempre acontece por la
Vai saber...

Reflexões Borderline disse...

Exatamente! Até então, digo até ter conhecimento desse livro, não fazia sentido nenhum a matança desordenada de crianças...

Carla Dias disse...

Não devemos entrar em extremismos.
Todo o mundo e todas as religiões já sofreram esse flagelo.
Até a nossa católica apostólica romana.
Lembrem-se das Cruzadas e mais tarde da Inquisição.

Vamos tentar compreender o que move essa gente a matar. E o que move outra gente a dispor-se a morrer.

Não cedamos à tentação de encontrar todas as explicações em apenas um livro. Muito provavelmente existirão outros em sentido contrário.

Não quero parecer insensível ou reaccionária, mas a minha idade já me permite ter alguma sobriedade e menor fulgor que os espíritos mais jovens.

Nas guerras não há maus nem bons.

Apenas causas !

E cada um tenta proteger a sua causa de acordo com a informação que tem do seu inimigo.

Isso vale matar crianças ? Isso vale usar crianças para proteger ideologias?

Nada vale sacrificar nossos pequenos infantes, nem jovens adultos, nem os adultos, nem os seniores.

O que temos que recriminar é a GUERRA !

Nada justifica a matança !

Não somos animais selvagens!

Volto a recordar: O motivo não está em um qualquer livro, mas sim em nossas motivações e nossos corações.

Reflexões Borderline disse...

Carla, em parte concordo contigo mas continuo concordando com a Taci.
Sim, com certeza encontraram motivação no livro para matarem as crianças, não resta dúvida.
Pelo menos essa é minha opinião.
Parece incrível mas algumas palavras pode sim mexer com a cabeça de muita gente.

Carla Dias disse...

Querida,

Não posso nunca aceitar a matança de inocentes, seja porque motivo for !

No entanto, nós, os adultos e experientes, devemos recolher o máximo de informação possível - de ambos os lados - e tentar perceber o que realmente está acontecendo. Não podemos cimentar nossas opiniões apenas em um livro, ou uma notícia, ou uma corrente de opinião.

Eu vivi um período de guerra em África quando lá morava. Já lá vão mais de 30 anos !

Eu senti na pele o que é ser criança no meio dos tiros!

Eu vi que muitas vezes as crianças eram usadas como escudos ou como armas ofensivas.

A minha escola foi atacada e eu nunca cheguei a ter a certeza se era porque se tratava de um espaço estratégico na guerra, ou porque lá dentro se escondeu gente importante . (É verdade que no momento do ataque estavam lá pessoas que eu não conhecia da escola...)

Eu apenas não gosto de fazer juízos de valor sem ter toda a informação !

Na guerra EU NÃO TOMO O PARTIDO DE NINGUÉM !

Reflexões Borderline disse...

Bem, o livro foi escrito, não foi? E prova está que os autores foram investigados. Se não houvera influenciado ninguém não provocaria tanto alvoroço assim.

Postar um comentário

Visitas Recentes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...