Translate

12/05/2010

O Teste de Gravidez e sua Origem


Em 1927 o ginecologista alemão Selmar Aschheim descobriu a presença de hormônios na urina de mulheres grávidas, o que permitiu o desenvolvimento dos testes de gravidez que hoje facilmente encontramos nas farmácias.

Mas bem antes disso, os egípcios também possuíam métodos para detectar a gravidez através da urina. E iam além.
Tais métodos pretendiam determinar ainda o sexo da criança! 

A jovem mulher egípcia, percebe ao longo das semanas pela observação do seu corpo e funções orgânicas que algo está diferente.

"Será que estou grávida?", pensa.
"Será que a deusa destinou a mim um filho?"

Ansiosa, conversa com uma amiga mais próxima que já havia passado por isso e decide visitar um dos sacerdotes-médicos:


"Para saber se uma mulher dará à luz ou não dará à luz: colocar um pouco de cevada e um pouco de trigo em dois sacos de tecido, no qual a mulher deverá misturar sua urina todos os dias de forma igual na cevada e no trigo dos dois sacos. Se ambos cevada e trigo germinarem, ela dará à luz. Se somente a cevada germinar ele será um menino. Se somente o trigo germinar, será uma menina. Se nenhum germinar ela não dará à luz."
(papiro de Berlim 3.038)

Assim, a jovem fará o teste e não dirá nada ao seu marido, pois prefere esperar para ter certeza de sua gravidez.E, em caso positivo, saber o sexo da criança.

A idéia central do método parece indicar que os hormônios na urina fariam germinar a cevada e o trigo. Aparentemente, a eficácia do teste de gravidez egípcio ficava em torno de 30%.

(fonte: SHVoong.com)


2 comentários:

Cristiane disse...

super interessante...adorei!

Wally elsissy disse...

Parece incrível como tanta coisa teve origem no Egito...

Postar um comentário

Visitas Recentes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...