Translate

23/11/2011

Excesso de Paracetamol pode Causar a Morte

Consumir uma dose um pouco acima da recomendada do analgésico paracetamol por um longo período de tempo - mesmo que apenas por uma questão de dias - pode causar graves danos à saúde, de acordo com pesquisadores britânicos.

Uma mulher britânica de 25 anos morreu após tomar um excesso de remédios na tentativa de curar uma gripe, segundo concluiu um inquérito.

Donna Bishop ficou doente duas semanas antes do Natal do ano passado e passou a tomar xaropes, analgésicos e chás contra resfriados contendo paracetamol, remédios que são vendidos sem prescrição médica.

Durante o inquérito, também foi dito que ela vomitou diversas vezes, o que a levou a tomar mais remédios por acreditar que a dose anterior não faria efeito.

No ano novo, Bishop, que tinha um filho, decidiu ir ao médico. Ela foi diagnosticada com bronquite e passou a tomar antibióticos, mas continuou a tomar os remédios contendo paracetamol, além de ibuprofeno.

Bishop passou a apresentar uma série de sintomas, como machucados na boca, icterícia e urina vermelha.

Além disso, ela teria começado a perder o equilíbrio e a memória e a ter alucinações.
Bishop teria ido à emergência do hospital duas vezes, mas teria ido embora por causa da demora e não teria feito todos os exames requisitados.

No dia 4 de janeiro, ela foi internada e acabou morrendo de falência hepática causada por uma overdose não-intencional de paracetamol.

Pesquisadores descobriram que muitas pessoas que usam os comprimidos contra dor não percebem quando tomam mais do que o permitido e não se dão conta dos danos causados pelo consumo excessivo do remédio ao fígado.

Segundo os pesquisadores, este problema geralmente também não é detectado pelos médicos no início, pois os exames de sangue não indicam níveis excessivos de paracetamol após a ingestão inicial superior à indicada.

Para o professor Roger Knaggs, da Royal Pharmaceutical Society da Grã-Bretanha, o estudo indica que "se você tomar mais paracetamol do que o recomendado, você não vai melhorar o controle da dor, mas poderá prejudicar sua saúde".

"Se as pessoas estão sentindo dor e o paracetamol não ajuda, ao invés de pensar em aumentar a dose, eles devem consultar o farmacêutico para outro tipo de controle da dor ou consultar alguém que possa ajudar (a entender) a causa da dor", disse.

Leia aqui sobre a morte causada por paracetamol e aqui sobre a pesquisa realizada.

3 comentários:

Pâmela Silveira ზ disse...

se o paracetamol fosse o unico medicamento com essa caracteristicas o mundo famacolÓgico seria um campo mais seguro,,,e como no entanto virou mania automedicar-se há de ser ter cuidado com o que se toma e quanto se toma, pois na verdade ''A DIFERENÇA PRIMORDIAL ENTRE A CURA E O VENENO ESTÁ NA DOSE ADMINISTRADA''

Wally disse...

Pode não ser o único, mas é um dos que mais parece inofensivo e no entanto é dos mais perigosos.

Nathan Rodrigues disse...

e eu que tenho dores de cabeça absurdas...

Saudades imensas Wally...
Bjscabeçaçaabsurdaswe

Postar um comentário

Visitas Recentes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...