Translate

07/11/2012

Depoimento Borderline - Eu NÃO SOU Doença!

Hoje fui muito elogiada pela minha terapeuta! 
Eu me dei férias de 1 mês da terapia.

Férias mesmo, pausa, reflexão. Nada de rebeldia, apenas férias.
Hoje retomei e contei os milhares de "causos" e como reagi a cada um. 
Um parabéns atrás do outro. É, estou evoluindo... visivelmente. 

Milagres? Não. 
Empenho, dedicação e principalmente vontade de vencer e de ser reconhecida por mim mesma por isso. 
Tenho recebido elogios da família, namorado, alguns amigos e algumas pessoas do trabalho. Isso me motiva! 

Reafirmo a cada contrariedade: 

"EU NÃO SOU DOENÇA. EU TENHO UM LADO SADIO E É ELE QUE VAI TRABALHAR AGORA" 

E com isso eu mudo meu trajeto: de uma atitude destrutiva (doença) para uma construtiva (saúde). 

E é assim que vou caminhando pra frente...
Camila do grupo Vencendo o TPB


5 comentários:

selmarjbr disse...

Wally, acompanho a Camila lá dos grupos borderlines e era muitas as crises em que ela relatava tal qual estava se sentindo. E pelo relato a gente sentia que realmente ela estava mal. Hoje poder ler este depoimento dela, é para mim um motivo de muita emoção, muita alegria e ao mesmo tempo um grande incentivo para continuarmos nesta luta em direção ao nosso desafio no objetivo de restabelecer nossa saúde, realçando nosso "Eu sadio". A remissão do TPB é possível.

borderlife disse...

Que legal!
Estou há mais de um mês, mas porque a psi teve crise de gastrite, mas prometi: quando voltar, vou contar tudo que aconteceu, mesmo tendo passado bastante tempo. Pode ajudar :/
Se bem que a ultima semana, eu me senti mal, acho que ela tá desistindo de mim, isso sim... mas vou aguardar semana que vem. :/
Linda linda, parabéns pra Camila. :}
Beijos

Finder disse...

Sabe o que eu acho mais complicado. É quando você comete algum erro e a pessoa ao seu lado imediatamente atribui o erro ao traço border. Estou em uma melhora muito boa de acordo com minha psi. Só que nenhum ser humano acerta o tempo todo. As pessoas ao nosso redor e que sabem do nosso problema deveriam entender que não é 100% das atitudes que temos está motivada pelo traço border e que existe um ser humano por trás disso tudo.

Borderline Transtorno de Personalidade disse...

Finder tem razão.

Ney Frota disse...

feliz por vc :) muito bom :)

Postar um comentário

Visitas Recentes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...